sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Paradoxo: Cachoeira de Escher

A Catarata de Escher é uma litografia que mostra um paradoxo de uma cachoeira que sobe o curso após sua queda antes de atingir seu topo (hã?)

Consegue entender?
Como se trata de um paradoxo, essa litografia ilustra algo impossível, um tipo de moto-coninuo, onde a água que cai na cachoeira volta para sua cabeceira reiniciando o ciclo, algo que óbviamente não é possível no mundo real.

Será?


Gostaria apenas que ele mostrasse por um outro ângulo, pra saber como ele fez isso!
Postar um comentário