segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Como Treinar seu Dragão

Adaptações de livros infantis para animação costumam ser sucessos certos, mas Como Treinar seu Dragão consegue se destacar nessa classe, um filme necessário para quem gosta desse estilo.


O filme conta a história de Soluço, um jovem vinking diferente de todos os outros do seu povo, que não demostrava ter nenhum talento para a atividade mais comum entre os vikings, caçar dragões.

Ser filho do chefe da vila só piorava a situação para Soluço, seu pai o entendia por ser tão diferente, enquanto ele tentava demonstrar para todos que era capaz de matar um dragão (e se conseguisse uma namorada no processo, ainda melhor).

É quando ele resolve matar o "Fúria da Noite", um dragão que nunca havia sido visto, sinônimo de morte e destruição entre os vikings.

A história então gira em torno das consequências das atitudes de Soluço, que queria conseguir a aprovação de seu pai e de toda a vila, (e uma namorada, é claro), mas ao mesmo tempo começa a descobrir que talvez matar todos os dragões não seja o correto a se fazer.

Soluço acaba sempre estando dividido entre o que os outros esperam dele e o que ele sabe o que é o correto a se fazer, as dificuldades de ser diferente o pressionaram a vida toda, mas para fazer o que é certo ele precisa confrontar tudo aquilo que esperam dele.

Uma animação com muita comédia e momentos de tensão, muito bom e recomendado.




Spoilers

A grande surpresa ocorre quando, após ter conseguido abater o Fúria da Noite e não tê-lo matado, Soluço descobre que tudo o que os vikings sabem sobre os dragões está errado, ao desenvolver uma amizade com Banguela (nome que ele resolve dar ao Fúria da Noite).

Soluço descobre que ao abater o Banguela que ele havia arrancado parte da calda de Banguela, então ele fez uma "protese" para Banguela, permitindo que ele montasse no Banguela. (depois de decorar as posições da protese para conseguir pilotá-lo direito).

Sendo assim, todas as tardes Soluço aprendia mais coisas sobre os dragões com Banguela, e aplicava esses conhecimentos no treinamento que fazia para matar dragões na sua vila.

O problema ocorre quando Soluço se recusa a matar um dragão no fim do seu treinamento, para mostrar a todos que isso não era necessário, porém o dragão o ataca por causa da agitação do pai de Soluço. Banguela consegue ouvir Soluço a distancia e corre para ajudá-lo, é quando Banguela é capturado.

O pai de Soluço resolve utilizar Banguela para encontrar o ninho dos dragões, sem saber que todos os ataques dos dragões á vila eram para trazer comida para um dragão gigante que vivia no ninho, um dragão grande o suficiente para que todos os outros o temessem.

Soluço teve que se juntar aos outros que estavam em treinamento para ajudar seu pai, e ele e Soluço conseguem derrotar o dragão gigante, porém não sem um certo custo.
Postar um comentário