sexta-feira, 21 de maio de 2010

Nowhere Boy


A primeira vez que ouvi falar de Nowhere Boy achei que se trata-se de outra romantização da vida daqueles que viriam a formar os Beatles, mas dessa vez que enganei, esse filme consegue ser bom mesmo que quem o assistir não tenha idéia de quem foi John Lennon.

Nos outros filmes que vi que mostravam a adolescência dos integrantes dos Beatles (filmes que eu adoraria lembrar o nome agora) eles eram retratados como adolescentes despreocupados e sem grandes problemas ou dilemas, se divertindo a maior parte do tempo até se tornarem uma das maiores bandas da história.

Mas esse não é o caso de Nowhere Boy, que mostra de forma mais fiel como as coisas aconteceram, todos os problemas pelos quais John passou durante sua adolescência, que ajudariam a moldar seu carater e personalidade, além de ajudar com que ele desenvolvesse seu interesse pela música e a vontade de formar uma banda.

Porém, uma coisa que apenas os fãs mais atentos dos Beatles irão notar são as músicas que são "semeadas" durante o filme, acontecimentos em momentos chave da vida de John que posteriormente serviriam de inspiração para músicas que se tornariam grandes sucessos, algumas dessas cenas podem ter ficado meio forçadas, mas mesmo assim vão colocar um sorriso no canto da boca de quem perceber.

Antes de terminar não posso esquecer de elogiar a atuação de Aaron Johnson, que também protagoniza Kick-Ass, conseguindo colocar as reviravoltas das emoções de John Lennon nas horas certas, esse ator me parece ser uma grande promessa, só notei que ele estava nos dois filmes quando prestei atenção na sua voz, já que a atuação estavam completamente diferentes.

Esse é um filme raro, feito principalmente para aqueles que já tem uma admiração pela vida da pessoa retratada, mas que é capaz de cativar qualquer pessoa com os dramas de uma adolescente que só queria ser amado.











Fonte das Imagens: site oficial do filme
Postar um comentário