domingo, 1 de dezembro de 2013

Motoqueiros ajudam crianças á superar traumas

Bikers Against Child Abuse

Esses motoqueiros tem um lado gentil: ajudar crianças que foram abusadas. A qualquer momento, em qualquer lugar, pelo tempo que for necessário para que a criança se sinta segura, esses guardiões de jaquetas de couro irão se mandar altos e fortes contra a escuridão e o medo, e aqueles que procuram causar dano.

Bikers Against Child Abuse

A garota mordendo os lábios foi abusada por um parente, de acordo com a polícia, alguém que ela deveria poder confiar. Ele não está no mesmo estado, mas o caso corre lentamente na justiça, então ele não está na cadeia também.

Ela ainda tem pesadelos com ele, mesmo ele não estando por perto. A noite ela acorda com o coração disparado. Os pesadelos parecem reais novamente. Ela nunca se sente a salvo, mesmo com seus pais no andar debaixo.

A máfia de aparência indisciplinada na entrada da garagem está lá para ajudá-la a se sentir segura denovo. Eles são membros da divisão do Arizona d'Os Motoqueiros Contra o Abuso Infantil, e eles vestem seu lema nas costas de suas jaquetas de couro: "Nenhuma criança merece viver com medo".

Bikers Against Child Abuse

O que se sabe é que a imagem poderosa e intimidadora dos motoqueiros pode afetar até mesmo uma pequena criança que foi abusada. Se o homem que a abusou ligar ou dirigir por perto, ou se ela estiver apenas assustada, outro pesadelo, os motoqueiros irão vir e montar guarda por toda a noite.

Se ela tiver medo de ir á escola, eles irão levá-la e observar até que ela esteja segura lá dentro.

E se ela tiver que testemunhar contra quem abusou dela para o juiz, eles irão com ela, indo com ela até o banco das testemunhas e tomando conta da primeira fileira de assentos. Eles irão dizer "Olhe para nós, não para ele". E quando ela terminar, eles irão cercá-la novamente e sair com ela.

Bikers Against Child Abuse

Todos os motoqueiros são voluntários, dando 5, 10, 20 ou mais horas por semana. Não há reembolso por gasolina ou tempo que eles tiram do trabalho.

Bikers Against Child Abuse

Os motoqueiros precisam ser durões, não apenas para proteger as crianças, mas para terem estômago para aguentar saber pelo que essas crianças passaram. Uma criança de 8 anos espancada pela mãe; Uma criança de 6 anos molestada pelo namorado da mãe. Uma menina, 10 anos, estuprada. Eles são treinados por um psiquiatra afiliado ao grupo. Cada motoqueiro é fichado e passa por uma checagem do passado criminal, o mesmo processo que passam os funcionários públicos e oficiais do estado, antes de entrarem no grupo.

Eles são motoqueiros, não escoteiros, então se tiverem sido presos ou registro de brigas em bar, eles ainda podem estar no grupo. O crime só não pode ser relacionado com crianças, violência doméstica ou nada comparável. Eles visitam as crianças apenas com permissão e sempre em pares, ninguém nunca é deixado sozinho com uma criança.

Bikers Against Child Abuse

Os motoqueiros não estão procurando por problemas, Eles estão lá para que as crianças não se sintam tão sozinhas ou fracas. Um dos membros se lembra de um garoto de 8 anos indo prestar testemunho, ao se sentar na cadeira, seus pés nem alcançavam o chão.

"Já é assustador o suficiente para um adulto ir ao tribunal", ele disse. "Nós não iremos deixar um dos nossos pequenos ir sozinho".

No tribunal, o juiz perguntou ao garoto, "Está com medo?" Não, o garoto disse.

O juiz ficou surpreso, e perguntou, "Porque não?"

O garoto olhou para os motoqueiros na primeira fila, mais dois de pé em cada canto do tribunal, e disse para o juiz: "Porque meus amigos são mais assustadores do que ele é."


My faith in humanity? It's restored.
Postar um comentário